Soluções em transporte manual de carga.

Soluções em transporte manual de carga.

Telefones

(31) 3597-4330 | (31) 98980-1063

VIBRA-STOP LINHA TRADICIONAL COM CHAPA MAC/MINI/STANDARD

A configuração do amortecedor Tradicional com Chapa foi desenvolvida para atender máquinas que sofrem deslocamento em seu funcionamento, necessitando, portanto, de chumbagem ao piso.

 

Sua composição segue basicamente a mesma dos modelos da Linha Tradicional (copo metálico com base de borracha interna que permite regulagem através do sistema de nivelamento do amortecedor) sendo o seu diferencial a chapa de aço utilizada para a fixação da máquina ao piso. Acompanha chumbadores.

Tradicional com Chapa Mac Mini Standard Intermediário Super Mega
Carga Estática Kgf 50 a 200 200 a 500 500 a 1.500 1.500 a 5.000 5.000 a 10.000 10.000 a 20.000
Carga Dinâmica Kgf 200 a 800 500 a 2.000 2.000 a 6.000 6.000 a 20.000 20.000 a 40.000 40.000 a 80.000
Carga de Cisalhamento kgf 10 a 40 40 a 100 100 a 300 300 a 500 1.000 a 2.000 2.000 a 4.000
Espessura da Chapa (e) pol. 3/16” 3/16” 1/4″ 1/4″ 3/8” 3/8”
Diâmetro (D) mm 62 90 115 150 190 230
*Parafuso (d) 1/4”
5/16”
3/8”
3/8”
1/2″
5/8”
1/2″
5/8”
3/4″
5/8”
3/4″
1”
5/8″
3/4”
1″
3/4″
1”
1 ½ “
Largura da Chapa (L) mm 80 x 80 100 x100 130 x 130 170 x 170 205 x205 250 x250
Distância entre os Furos (t)
mm
65 85 100 145 170 208
Diâmetro dos Furos (f) mm 8 10 10 10 13 13
Altura Regulável (H) mm 30~35 45~55 50~65 55~75 65~85 75~95

 

 

Tradicional com Chapa de dois Furos Mac Mini Standard
Carga Estática Kgf 50 a 200 200 a 500 500 a 1.500
Carga Dinâmica Kgf 200 a 800 500 a 2.000 2.000 a 6.000
Carga de Cisalhamento kgf 10 a 40 40 a 100 100 a 300
Espessura da Chapa (e) pol. 3/16” 3/16” 1/4″
Diâmetro (D) mm 62 90 115
*Parafuso (d) 1/4”
5/16”
3/8”
3/8”
1/2″
5/8”
1/2″
5/8”
3/4″
Largura da Chapa (B x b) mm 107 x 80 136 x100 174 x 130
Distância entre os Furos (t) mm 92 120 141
Diâmetro dos Furos (f) mm 8 10 10
Altura Regulável (H) mm 30~35 45~55 50~66

 

compartilhar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

DICAS DE CONSERVAÇÃO

Para a conservação das rodas e dos rodízios é preciso antes considerar os principais fatores que interferem diretamente na movimentação do equipamento, carrinho ou estrutura. Confira nossas dicas e saiba como obter maior resistência e durabilidade de rodas e rodízios:

 

  • A dimensão do rodízio, tanto na altura total quanto no raio de giro, é condição fundamental para a boa movimentação de carrinhos e estruturas.
  • Para as condições extremas, existem lubrificantes especiais para rodas, rodízios, rolamentos e vedações.
  • Nunca se deve trabalhar com a capacidade das rodas e rodízios no limite. É aconselhável fazer a divisão da carga total sempre com uma roda a menos do que o projeto necessita Ex: Carga total 160. Projeto: 4 Rodízios. 160/3 = 53 kg para cada rodizio.
  • Passar graxa em rodas com rolamentos e usar sempre rodízios de Inox aonde vai água, para não oxidar.

Orçamento

R. Mato Grosso, 494 Loja C

Vila Universal - Betim/MG

(31) 98980-1063

Nosso Whatsapp

Tenha um Orçamento Personalizado >>